Exemplos de casos empresariais em decorrência da pandemia.

Conhecimento e Inovação

O Conhecimento é matéria-prima para inovação. A produção de conhecimento é a base para a definição de todos os demais pilares do ABOVE ALL©. É válido tanto para questões relativas a produtos e serviços quanto para as que envolvem estratégia empresarial e todos os seus desdobramentos.

Em nosso conceito, o processo de conhecimento e inovação começa pela conscientização sobre determinada necessidade ou problema em qualquer aspecto do negócio, planeja-se com foco nas ações e, concluído o planejamento, passa-se à implementação, que consiste em executar as ações e avaliar os primeiros resultados.

Selecionamos empresas que aplicaram CONHECIMENTO E INOVAÇÃO perante as mudanças de cenário provocada pela pandemia da COVID-19:

CONSCIENTIZAR, PLANEJAR, IMPLEMENTA.R

A pandemia do novo coronavírus trouxe não somente uma crise nos sistemas de saúde mundiais, mas temor e incerteza perante o futuro da atividade econômica global e de cada país atingido pelo surto. Neste ambiente volátil, a produção de conhecimento se faz crucial para determinar os próximos passos das organizações, identificando as movimentações de mercado e como essas mudanças podem impactar seu negócio.

Na China, algumas empresas que apresentaram uma recuperação mais rápida olharam proativamente e anteciparam as movimentações de mercado. A MASTER KONG, principal produtora de macarrão instantâneo e bebidas, revisava diariamente as dinâmicas do mercado e reorientava seus esforços. Com isso, antecipou o armazenamento e esgotamento de produtos, focando na venda on-line e na distribuição de lojas menores de bairro. Monitorando de perto a entrada e saída de produtos, conseguiu prever a retomada do consumo, reabastecendo todas as suas unidades com o dobro de velocidade de seus concorrentes.

Outras empresas estão lidando com a crise de uma maneira diferente: estão usando da necessidade para implementar tecnologias e inovações que seriam testadas somente em um futuro distante. O FACEBOOK e o TWITTER, empresas de tecnologia da área de conteúdo, estão investindo no uso de inteligência artificial para substituir o trabalho dos moderadores de conteúdo – funcionários que revisam o conteúdo de suas páginas, garantindo que não sejam disponibilizados conteúdos impróprios, como violência ou nudez – que foram dispensados para se protegerem do coronavírus. Como este serviço não pode ser feito fora dos escritórios, as empresas estão investindo na combinação de inteligência artificial e machine learning para criar modelos capazes de automatizar a censura.

São Paulo
+55 11 3093 9191
Rua Diogo Moreira, 132, 10º andar, Pinheiros
05423010 - São Paulo, SP, Brasil

Chermayeff & Geismar & Haviv 137 East 25th Street, 7th Floor
New York, NY 10010

Copyright© 2009-2020 SONNE
PT- EN